A amamentação exclusiva até os seis meses de idade é fundamental para o bom desenvolvimento do bebê e ajuda a criar um laço entre mãe e filho. Apesar da produção de leite ser determinada pela ação hormonal, algumas atitudes ajudam a estimular. Embora em alguns casos a baixa produção esteja relacionada a aspectos da saúde da mãe, na maioria das vezes, o real problema é a falta de estímulo.

Pega correta

O fundamental é que ambos estejam confortáveis e relaxados, mas é importante observar o alinhamento entre o corpo e a cabeça da criança, abdômen do bebê encostado ao abdômen materno e queixo tocando a mama. A criança deve estar apoiada pelo braço da mãe, que envolve a cabeça, o pescoço e a parte superior do seu tronco. A boca precisa estar bem aberta com o lábio inferior para fora recobrindo quase toda a aréola (como uma “boca de peixe”) enquanto a porção superior da aréola pode ser visualizada.

Não tenha pressa

Alguns bebês levam mais tempo para mamar. Para que tudo flua bem é preciso respeitar o ritmo de cada criança.

Amamente sempre que o bebê tiver fome

A criança em aleitamento materno exclusivo deve mamar em livre demanda, ou seja, na hora que quiser. Porém, após 3 horas de jejum, aumenta o risco de hipoglicemia, devendo-se oferecer a mama ao recém-nascido para minimizar o risco.

Espere a mama esvaziar para trocar de lado

Os dois seios devem ser oferecidos ao bebê, mas o ritmo natural da amamentação deve ser respeitado, como explicam as enfermeiras. É indicado que o bebê esvazie uma mama para depois oferecer a outra, pois assim ele irá ter ingerido tanto o leite anterior, rico em anticorpos, açúcar e água, quanto ao posterior, rico em gordura. Para alívio, conforto e prevenção de problemas mamários, a mãe poderá realizar uma ordenha manual e retirar o leite em excesso da mama não utilizada.

Tenha uma rotina saudável

Durante a amamentação a mamãe deve redobrar o consumo de água e apostar em alimentos saudáveis e com boas fontes minerais. Outra dica importante é se manter relaxada, pois o estresse pode inibir a produção láctea.

Fonte: http://guiadobebe.uol.com.br/5-dicas-para-aumentar-a-producao-de-leite-materno/

Bicho Papão
About the Author

Artigos relacionados

É preciso ficar atento sobre o volume e peso dos itens no dia a dia das crianças para evitar...

Todos nós nascemos com inteligência, porém podemos dizer que nossa inteligência é muito...

A chupeta é um objeto transicional que permite ao bebê realizar esse movimento quando não está...

Leave a Reply