Criança e água são combinações perfeitas para a época mais quente do ano. Mas é importante seguir algumas recomendações para aproveitar o verão sem problemas no ouvido. O contato frequente com a água e a umidade no interior do canal do ouvido é um fator que pode predispor a infecções.

No verão, o número de inflamações e infecções aumentam, já que a umidade, o excesso de exposição à água e o suor quando acumulados no interior do canal do ouvido, uma cavidade parcialmente fechada, tendem a favorecer a proliferação de fungos e bactérias.

É fundamental não introduzir nada no canal do ouvido, nenhuma haste, não cutucar, pois isso pode criar microfissuras na pele, o que desencadeia infecção. Entretanto, também é fundamental saber o que fazer. Deve-se secar o ouvido com uma toalha felpuda, com o próprio secador de cabelo, ou pingando uma gota de vinagre incolor no canal.
Caso nada disso resolva, procure o especialista em otorrinolaringologia para resolver a situação da maneira mais adequada possível. E lembre-se: nunca introduza hastes no canal do ouvido. Esse ato além de predispor a infecções, pode levar à perfuração do tímpano e em alguns casos até mesmo surdez.

Fonte: http://guiadobebe.uol.com.br/mar-e-piscina-podem-provocar-infeccoes-de-ouvido/

Bicho Papão
About the Author

Artigos relacionados

Modelos infantis de óculos de sol estão cada vez mais acessíveis, principalmente para quem gosta de...

Por volta dos sete ou nove meses, o bebê, que antes só sentava ou ficava em pé no berço, começa a...

A chegada do bebê ao mundo faz com que pai e mãe não tenham sossego, pelo menos até os primeiros...

Leave a Reply