Chá de bebê

Sem categoria  /   /  By Bicho Papão

Veja algumas dicas para você seguir neste momento tão especial!
Você já está no 7º ou 8º mês de gestação?
Saiba que essa é a época ideal para realizar o chá de bebê e reunir os amigos e parentes para participar.
A intenção do chá de bebê é de ajudar a futura mamãe a se equipar para esse início cheio de despesas, e ajudá-la emocionalmente nessa nova fase, pois é importante para ela, sentir os amigos por perto, participando dessa etapa de sua vida, mesmo que não seja seu primeiro filhinho.
O chá de bebê dispensa qualquer formalidade e o convite pode ser feito por telefone mesmo. Geralmente é realizado por uma amiga mais íntima da gestante onde, provavelmente, a maioria das pessoas que serão convidadas já a conhecem.
Caso você e sua amiga queiram optar pela distribuição do convite, o ideal é entregá-los com uma semana de antecedência, no mínimo, mas o ideal é entregar pelo menos um mês antes do chá para que todos possam se programar.
O bom é que o “chá de bebê” seja combinado para um fim de semana, assim todos poderão comparecer e, sempre, na parte da tarde. No dia, poderá ser servido sanduichinhos, uma torta salgada, bolo, sorvete, água, suco ou refrigerante e não pode faltar, pela tradição, pelo menos um tipo de chá. Você pode optar para, após uma hora da chegada dos convidados, servir o lanche, ou ainda para que todos fiquem mais à vontade, pode montar uma mesa ou aparador no ambiente, com tudo disposto em cima e deixar que as pessoas se sirvam como quiserem.
Quanto aos convites, quando houver mais de uma convidada que resida na mesma casa, como mãe e filha ou duas irmãs, por exemplo, não precisa haver constrangimento em pedir uma lembrança para cada uma, separadamente, só que aí, o mais correto, é pedir uma lembrança mais em conta para a segunda.
Outra regrinha que você deve seguir, é que no caso de optar por pedir nos convites roupinhas para o bebê também, deverá estar ciente que elas têm que ser simples, como no caso das blusinhas modelo pagão ou as calças (culotes), que hoje em dia são encontradas com preços bem acessíveis. Ao pedir roupinhas, você estará sempre correndo o risco de não gostar da cor ou do tecido e, nesse caso, não é delicado pedir para a pessoa trocar, pois muitas vezes ela comprou o que podia. Por isso, o ideal, é não pedir roupinhas, a não ser, é claro, que estejam realizando o chá para uma pessoa que não tem recurso algum e que tudo será dado pelos convidados, de comum acordo.
Não esqueça que pode-se pedir também um mesmo item mais de uma vez, para pessoas diferentes. Não deixe de especificar nos convites ou pelo telefone, os tamanhos corretos das peças que devem variar do recém-nascido para o tamanho pequeno, e a cor desejada.

Bicho Papão
About the Author

Artigos relacionados

Não dá para fugir da tentação de interagir com telas em torno da casa. Elas estão em toda parte;...

A chupeta é um objeto transicional que permite ao bebê realizar esse movimento quando não está...

Acidentes são comuns durante a infância, portanto os pais devem estar sempre preparados para agir...

Leave a Reply